Publicações
Inteligência
Reflexões
Contato
Loja Virtual
Livro Inteligência
Sobre o Autor
Conteúdo
Comentários/Leitores
Trechos do Livro
Frases citadas
Bibliografia
Discussões
Compre aqui!
Inteligência
Seja você mesmo!
Desprograme-se!
Sensação de vazio?
Pensar profundo
Tergiversações
Filosofadas
Seja punk
Q.I. 180 pontos
Amplie seu Q.I.
Efeitos paralelos
Sábias conversas
Inglês autodidata
O fluxo do tempo
Caminhos do Sucesso
Solidão
Arrogância
É a vida curta?
Referência
Diário da estrada
Textos de Everton
Ufologia
Sobre o autor
Everton Spolaor
Sou um simples mortal que cultiva o constante aprimoramento do intelecto e que se esforça para tornar este mundo um pouco melhor. Seja bem vindo ao meu website.
Fontes de Inspiração:
Emerson, Einstein, Krishnamurti, Charles Darwin, Thoreau


Impressione seus convidados com uma deliciosa maminha no espeto!

Vários colegas e amigos já me pediram dicas de como assar uma carne no espeto sem deixar ela seca ou com gosto ruim. Entonces, aí vai a minha dica.

Obviamente, não sou o melhor assador do mundo, tem gente infinitamente mais preparada que eu, mas, modéstia à parte, a maminha do mano aqui fica uma coisa de outro mundo. Até vegetariano chega a mudar de idéia, coisa de louco!

Aqui pelas estâncias de Santa Catarina o pessoal costuma fazer churrasco de forma meio esquisita, bem diferente daquela que é feita lá no Rio Grande do Sul, onde eu morava antes. No churrasco catarinense a carne é cortada em fatias e então é colocada sobre uma grelha ou chapa.

O bagualento fatia a carne, joga a lasca sobre a grelha, e em poucos minutos a gauderiada toda já está em volta da tijela, querendo pegar um pedaço, todo mundo mais faceiro que gordo de camiseta nova. É bastante comum o uso de vários temperos, especialmente o alho, que é muito apreciado por estas querências.


Visite o perfil de Sombras da Realidade no Facebook!



Compre aqui
o livro Inteligência: caminhos para a plenitude, de Everton Spolaor


Tenho um colega de trabalho que faz o churrasco dessa forma e fica muito bom. Ele até joga um queijo sobre a carne, que vai derretendo e fica uma belezura. Mas, convenhamos... Isso não é exatamente um churrasco. Fica bom, mas não é churrasco!

O verdadeiro churrasco é feito sem se fatiar a carne (ela vai inteira no espeto), e os únicos ingredientes são:

1) Carne;
2) Sal grosso;
3) Fogo.

"AH! Mas assim fica sem gosto..."

Não, caro cabecinha-de-beterraba! Carne assada só fica sem gosto quando o assador não leva jeito pro negócio. Pois se você não cuidar direito, ela pode ficar queimada por fora e crua por dentro, ou então ficar COZIDA ao invés de assada (quando a fogueira está fraca, por exemplo, esse é o resultado). E, afinal de contas, você quer apreciar o gosto da carne ou o gosto do alho? Então, se você quiser se aventurar a fazer pela primeira vez um churrasco no espeto, com um gosto muito bom, usando apenas os três ingredientes descritos acima, eis abaixo a dica do Everton.

ESCOLHENDO A CARNE – para iniciantes!

Já que você quer aprender a assar uma carne no espeto, não vale a pena comprar uma picanha e correr o risco de ver ela torrada. Compre uma maminha, que é uma parte do boi que é bastante saborosa, fácil de fazer e não custa caro como uma picanha. Então, vá no supermercado ou no açougue e compre a tal da maminha.

Minha sugestão é que você compre aquelas maminhas que já vêm em um saco plástico, porque é muito mais prático e rápido. Além disso, estas carnes costumam ser de boa qualidade. Procure comprar de uma marca reconhecida. Uma vez eu comprei no supermercado uma maminha de uma marca que nunca tinha ouvido falar, e foi um terror; a carne era mais dura que joelho de tartaruga.

Bem, quando você estiver apalpando as maminhas no mercado, procure escolher uma que tenha uma considerável quantidade de gordura. Se tiver pouca gordura, não serve; escolha outra, porque esse lado que tem gordura é que vai dar um sabor especial pro teu rango. Faça o favor de não vir com essa frescura de colesterol, gordura trans e o cacete.

Ah! E nada de comprar carne temperada! Pois bem, caminhe mais um pouco e compre um saco de sal grosso. E tem que ser sal grosso, meu caro! Nada de pegar o sal refinado da cozinha da mãe pra fazer churrasco. Se você fizer isso, eu nem te conheço! Sal fino no churrasco é carne seca na certa.

FACA

Assador que se preze tem sempre uma boa faca, bem afiada.

Não vá passar vergonha se quebrando pra cortar o bicho. Imagine seus convidados ali, mortos de fome e esperando você tirar uma lasca da carne, e então você arrebenta todo o bicho tentando tirar ele do espeto. Eita fiasco!

FAZENDO O FOGO

Faça um fogo bem intenso. Não economize carvão, não seja mão de vaca. ParaAlém do carvão, você pode colocar uns troncos de madeira no meio do fogo. Isso vai ajudar no resultado final, acredite-me! Cate no mato uns galhos secos, de preferência com a largura de um braço, e jogue no fogo. Se não tiver galho algum por perto, não tem problema. Use só o carvão mesmo. O mais importante é que a sua fogueira tem que estar bem forte. Faça uma bela fogueira e espere a brasa estar bem quente, bem vermelha. Isso leva uns 15 minutos.

Quando o carvão estiver em brasa, bem vivo e sem largar aquela fumaceira toda, pegue um pedaço de pau e dê uma espalhada na brasa, deixando-a uniforme na churrasqueira. Agora sim chegou o momento de colocar a carne no fogo.

PREPARANDO A CARNE – O QUÊ!????

O quê? Que história é essa de preparar a carne? Por acaso a maminha é alguma espécie de noiva que precisa se preparar antes de ir pro espeto? Olha, a única coisa que você vai fazer é tirar a carne do saco plástico alguns minutos antes de colocá-la no fogo. É claro que a carne tem que estar descongelada. Se você comprou carne congelada, descongele ela naturalmente, umas 12 horas antes. Forçar descongelamento com água quente ou microondas vai afetar o sabor, então não faça isso. Se a carne não descongelou completamente, seu churrasco vai ser um desastre. Não adianta pensar que o fogo irá terminar o descongelamento... Tem gente que deixa a pobre da carne mergulhada em molho, em salmora, em água com vinagre... Outros, preparam uma tigela com alho picado, pimentão, tomate e o diabo... Não faça isso! Apenas abra o saco e coloque a carne sobre a tábua. Agora, se você quer inventar moda, rechear a carne com batata-doce, aí já é outra história.

Ah, sim! Já ia esquecendo... Tem maluco que deixa a carne mergulhada no leite, ou na água, ou em suco de abacaxi, pra amaciá-la. Pois vou te dizer uma coisa: se a carne não é macia, não serve pra churrasco, e nem vamos perder tempo discutindo isso.

ESPETANDO A CARNE

O negócio é o seguinte: Para assar uma maminha, o ideal é usar um espeto de duas pontas. Tenha cuidado ao espetar a carne. Evite machucá-la. Se você se embananar todo pra espetar a maminha, vai acabar fazendo sair um monte de sangue dela. E aí o que vai acontecer? A tua carne vai ficar seca e, consequentemente, com gosto de sopa de chuchu. Então, evite derramar o "suco" da carne. Por isso mesmo é melhor usar espeto fino, daqueles que têm duas pontas. Pra espetar a maminha, não tem mistério. Se quiser, você pode pedir ajuda pra esposa, pra vizinha ou até pra sogra. Coloque o espeto apoiado sobre a mesa, com as pontas pra cima, e pede pra tua esposa (ou a amiga, vizinha, sei lá...) segurar o espeto nesta posição, mantendo ele firme (Epa! Você já pensou bagaceirada, né?). Pegue a maminha (a do boi, não a da mulher) com as duas mãos e com firmeza vai forçando ela pra baixo, contra as pontas do espeto, cuidando para que o espeto atravesse a carne de forma equilibrada, não ficando um lado maior que o outro.

SELANDO A CARNE

Já que o sangue dá um sabor e uma textura toda especial na carne, é importante não deixar que ele fique pingando e saia todo do interior da maminha enquanto o espeto está no fogo. Por isso, você vai fazer o seguinte: Coloque a carne na churrasqueira, por alguns segundos, vire, deixe mais uns segundos e então retire de lá quando ela ficar meio cinza. Ou seja, você está dando uma sapecada na maminha, para fazer o sangue parar de pingar. Não sei se fui bem claro nesta explicação, mas a idéia é dar uma tostadinha bem rápida na superfície da maminha, pra evitar que o sangue fique pingando.

O SAL!

Aposto que até agora você já perguntou umas 10 vezes "e o sal? Não vai colocar sal nessa bicheira?". Calma aí, meu filho. Agora sim é a hora de colocar o sal na carne. Para isso, é só colocar a carne sobre uma tábua (é óbvio que você vai levar ela no espeto. Não vá ser tonto de tirar do espeto e depois fincar novamente...) e espalhar o sal com a mão. Passe por toda superfície, mas sem exagerar. Feito isso, leve a maminha de volta ao fogo.

CUIDANDO DO ASSADO

Coloque a carne na churrasqueira, a uma distância de uns 30 cm do fogo, e deixe o lado com gordura pra cima. Depois de uns 10 minutos, vire a carne, e volte a virá-la a cada 10 minutos. O certo mesmo é observar a carne e virar ela sempre que começar a pingar demais, com o sal derretendo. Mas isso é coisa que o vivente pega com o tempo.

Você precisa ficar de olho no processo. Afaste o espeto do fogo se aparecer algum sinal de queimado. O melhor é deixar a uma distância tal que a superfície da carne fique borbulhando mas sem queimar.

Uma maminha leva em torno de uma hora pra ficar pronta. Não tire pedaços da carne pra provar enquanto ela estiver sendo assada. Se o fogo estiver muito alto, espalhe cuidadosamente as brasas ou coloque a carne um pouco mais ao alto. Não cometa a asneira de jogar água no fogo. Fique de olho no bicho. Se enquanto a carne estiver no fogo você notar que precisa colocar mais carvão, faça isso com jeito. Não vá dar uma de cavalo e virar o saco inteiro sobre o fogo, porque aí vai grudar um monte de fuligem na sua carne, e isso vai dar um gosto muito ruim. Pegue os pedaços maiores de carvão com as mãos e vá jogando sobre o fogo. E nada de dar uma de veadinho se preocupando em não sujar as mãos. Se não quer sujar as mãos, vá comer em restaurante então, pô!

Bem, vá treinando o assado que você vai se dar bem. Se tudo deu certo, a maminha vai ficar com uma casquinha crocante, e por dentro vai estar macia como pele de china novinha. Leve o espeto à mesa e sirva aos seus amigos. Aí é só aguardar os elogios.

Bom apetite!

Everton Spolaor


Você gostou deste texto?
Então conheça também o LIVRO do mesmo autor:

Clique aqui e compre o livro de Everton Spolaor.
Escrito de uma forma divertida e simples, o livro "Inteligência: caminhos para a plenitude" ensina os passos que todo homem deve dar para desenvolver uma personalidade mais autêntica, mais interessante e mais criativa.





Comentários dos ilustres e famintos visitantes

From: "Wana"
Date: Tue, September 16, 2008 10:02 am

Parabéns!!! vc entende de churrasco.Ah!!! eu me divertir muito com sua linguagem despojada rsrsrsr. Valeu!!!

From: "edson francisco bastos ramos"
Date: Tue, September 9, 2008 1:42 pm

po cara valeu estou pencando em abrir um negocio na minha garagem com churrasco frango na brasa cao algumas opcao entre arroz farofa maionese salpicao, etc

From: "JOSÉ DI DONATO" [donatodidonato@yahoo.com.br]
Date: Wed, January 30, 2008 4:42 pm

SENSACIONAL SUAS DICAS PARA SE FAZER UM CHURRASCO. MUITO BEM EXPLICADO.
VOU SEGUIR NO PÉ DA LETRA PARA VER O QUE VAI DAR. ABRAÇOS DONATO - RIO, 31/01/08.

From: "Roney Fernandes" [com.plast@uol.com.br>]
Date: Wed, December 12, 2007 10:01 am

Valeu galera, gostei muito dessa maneira de fazer um churrasco. Agora vou por em prática.

From: "ednapaiva" [ednapaiva@alldeia.com]
Date: Tue, December 11, 2007 8:49 pm

Apos receber na rede a planilha, recebemos seu site, corri a ver como voce fz o churrasco, aqui em recife, fazemos no estilo tadicional, socom sal, mais a maioria costuma temperar, cm todos os temperos secos...os amigos gauchos acham muito esquisito.. eu aprendi comos amigos gauchos, abraços nordestinos, tche e parabens... edna

From: "AMANDA" [pepecrania@yahoo.com.br]
Date: Sat, November 15, 2008 9:30 am

PRA MIM E DA TUDO NA MESMA COM ALHO OU SEM ALHO VAI SER CHURRASCO DO MESMO GEITO.GAUCHO SE ACHA.

    Resposta do Everton:
    Amanda, você está enganada. Carne com alho NÃO é churrasco. É apenas carne assada com alho. E não entendi essa tua frase, "gaucho se acha". Se quiseres dar sua explanação, sinta-se à vontade.

From: "Alemão" [arquivoslbrasil@hotmail.com]
Date: Thu, February 12, 2009 1:12 pm

Gauchito...já fui muitas vezes a sua terra, e em muitos churrascos.
Na maioria se não tivesse um cachorro por perto pra salvar a patria, era dificil de engolir...Benditos cães gaúchos!!!
Aliás...A carne que mis gostei ai nos pampas foi as das Gaúchas...Essas sim são saborosas!!!! Pasrabéns Gauchaaaas

From: "CARLOS" [rocha_carlosm@yahoo.com.br]
Date: Wed, September 30, 2009 12:42 pm

Foi a melhor dica que encontrei na NET, Parabéns Amigo! eu pensava que sabia fazer Maminha na brasa. agora vejo como pode passar de nota 5 para nota 10. Abraço!

From: "Jean" [caetanojean@hotmail.com]
Date: Fri, October 2, 2009 8:50 pm

Valeu, Everton muito legal as dicas vou fazer hoje mesmo essa maminha, vou fazer uma surpresa para minha esposa.
Abraço
Jean

From: "Carlos Figueredo" [carlos_graber@terra.com.br]
Date: Fri, December 18, 2009 5:06 pm

aleu, Everton, gostei das sugestoes e continue assim com esse ALTO-ASTRAL, que com certeza é um grande ingrediente para que a carne fique ainda melhor, vou repassar algumas dicas para alguns amigos meus aqui de Cotia/SPUm abraço...

From: "Eduardo"
Date: Fri, March 5, 2010 4:09 pm

Boas dicas vivente. Podia ensinar a a gauderiada a fazer o fogo. Se bem que gaudério já nasce sabendo. Manda a dica da garrafa que é perfeita.

From: "marcos antonio de melo" [marcos.pecinha@hotmail.com]
Date: Thu, March 4, 2010 11:28 am

Valeu pela dica.

From: "luiz" [luiz@luizheald.com]
Date: Tue, April 20, 2010 11:56 am

bacana, ja fiz e saiu melhor que a tua... kakakakakak orbigado pela aula..........

De: Carlos Eduardo [duiamarino@uol.com.br]
Para: contato@sombrasdarealidade.com.br

Caro amigo Everton, sou Paulista do interior, mais preciso , sou da linda Itapira SP.
Ja viajei por grande parte deste lindo Brasil,e digo com certesa, voce alem de saber fazer um exelente churrasco ,es um grande parceiro de churrasco, pois com esta dinamica conversa deves de ser grande amigo, parabens, e continue sendo assim, amanha vou fazer a tal maminha ao seu modo, tenho a certeza que vai ficar muito boa.
Abarços,Chega pra ca, caboquinho,

De: Salem [samsalem@bol.com.br]


Acabei de assar uma maminha conforme suas instrucoes, apenas peguei o sangue do saco e deixei a peca de molho por 10 minutos ( o sangue e sal grosso), ai foi so selar e assar conf. o recomendado.Ficou show..!!

De: Fka

Mto comedia, mas de boa explicação

De: maciel [oficinatriunfo@uol.com.br]


6/2011

legal, boa dica.com uma pincelada de manteiga na hora de servir fica bom p/ quem gosta

De: brayanjb
6/2011

cara fiz do jeito que tu ensinou,ficou muito bom meu churrasco...obrigado pela dica.

De: marcelo [pr.marcelomedeiros@hotmail.com]
Enviadas: Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011 1:06

poxa cara muito boa esta explicaçao vou colocar tudo isto em pratica e ver no que vai dar...valeuuuuuu!!!

De: Alisson [trento_cruzeiro@hotmail.com]
Enviadas: Sexta-feira, 10 de Agosto de 2012 17:28
Estou com uma duvida, é com papel aluminio ou sem? não ficou claro para mim.

De: Carlos
Enviadas: Sexta-feira, 27 de Julho de 2012 18:48
Fino... Gostei muito... O modo de explicar que to rachando de rir até agora... kkkkkkkkk


Comente este texto:

Para comentar o texto, preencha o formulário abaixo:

    Seu nome :
    Seu email :
    Comentário:



xxxxxxxxx

Conheça o meu primeiro livro:

INTELIGÊNCIA:
Caminhos para a Plenitude
Desenvolva uma mente mais criativa

Muito além do Q.I., a verdadeira inteligência é aquela que dá ao homem o poder de modificar o ambiente através de idéias que foram formadas pelo livre pensamento e que não estão presas à pujança dos instintos animais. Através do encadeamento de idéias busquei elaborar uma obra espirituosa, objetiva e eficaz no sentido de despertar nas pessoas aquilo que a Natureza, em sua intangível sabedoria, nos concedeu de mais valioso: o poder de pensar.


Gostou deste site?


Copyright 2007 by Everton Spolaor
www.sombrasdarealidade.com.br


Início || Contato com o autor: evertonlspolaor@yahoo.com.br